quinta-feira, 3 de julho de 2008

LP ALBERTO SANTOS DUMONT CENTENARIO 1873 - 1973



LP ALBERTO SANTOS DUMONT CENTENARIO 1873 - 1973
2 Lps
Prensagem Especial 2809028029
A HISTORIA DE SUA VIDA E OS CANTICOS DE SEUS FEITOS



EVOCAÇÃO A SANTOS=DUMONT
Complestaste a obra de Deus, dado asas ao Homem. Escreveste um novo capítulo do "Gênesis". Criaste a navegação aerodinâmica. Tomaste posse do infinito. Rasgastes janelas para a eternidade. Hoje, em nome da Humanidade, evocamos o teu perfil, a tua glória ímpar, a tua fama universal.
A Pátria e o mundo jamais se esquecerão daquele dia em que te elevastes do solo com teus próprios recursos, subistes, de um só golpe, acima da Terra e acima dos Tempos.
No teu Centenário de Nascimento, todos e cada um aqui estamos, Santos-Dumont, para comemorar, lembrar, e relembrar, além de perpetuar a tua obra, mostrar a indestrutibilidade pujante da tua conquista e a vida palpitante e heróica que levastes.
Deixa, por um instante, as dobras sutis do Grande Silêncio. Deixa, por um minuto, a intimidade do Criador, que te acolheu nos seus braços como filho dileto e gênio sem par. Apura teu ouvido de águia. Aguça o teu coração de brasileiro, benfeitor do gênero humano.
Nós te bendizemos, Santos Dumont, porque, superando os próprios pássaros, destes ao vôo outras dimensões, outros sentidos e objetivos multidireccionais.
Fizestes do ontem o hoje porque avancastes no futuro.
Ícaro caiu porque tinha asas de cera e o sol as derreteu. As tuas, Santos Dumont, eram asas forjadas ao fogo do gênio. Nem o Sol, nem o Tempo, nem a Guerra, nem a ingratidão tem poder contra elas. Foram feitas pela mão de Deus.
Tinhas do Homem apenas a forma, mas eras, em verdade, um pássaro pelo instinto do vôo, e um santo pela bondade da alma. Eras incapaz de um deslize, quanto mais de um crime.
No teu Centenário, exaltamos e divulgamos tuas glórias pois, como sabes, um pássaro não morre. Fica o seu canto a ressoar por entre os ramos das árvores, animando outros pássaros a cantar, dando fecundidade aos ninhos, dando harmonia aos ouvidos, dando serenidade as almas.
Esta obra - páginas de tua vida, cantos dos teus feitos significa o resultado do esforço de muitos na busca para apresentar o melhor, visando a difusão do que fostes, do que realizastes e do que representas para toda Humanidade.
(Inspirada no discurso pronunciado, a 28 de outubro de 1964, diante do túmulo de Santos Dumont, pelo General Benito Neves, Presidente da Touring Club do Brasil)


LEGISLAÇÃO
DECRETO nº 71.577, de 19 de dezembro de 1972. Insitui comissão para organizar e executar as comemorações do Centenário de Alberto Santos Dumont e dá outras providencias.
O Presidente da República, que usando das atribuições que lhe confere o artigo 81, ítem III, da Constituição, decreta:
Art 1º - será celebrado em todo território nacional, o Centenário do nascimento de Alberto Santos Dumont, a transcorrer a 20 de julho de 1973.
Parágrafo único. - As solenidades comemorativas deverão revestir-se do mais elevado espírito cívico e patriótico, como reconhecimento da Pátria ao seu gênio inventivo.
Art 2º - Para coordenar as comemorações, fica instituido, sob a presidencia do Ministro da Aeronáutica, Comissão de Alto Nivel integrada por representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, da Educação e Cultura, das Comunicações, e dos presidentes das seguintes entidades:
I - Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro;
II - Instituto de Geografía e História Militar;
III - Associação Brasileira de Imprensa.
Art 3º - O Presidente da Comissão determinará a constituição de uma Secretaria Executiva, sob a chefia de um de seus Membros, a qual se incumbirá do programa das solenidades e da sua execução.
Parágrafo único. O Chefe da Secretaria Executiva manterá entendimento com qualquer orgão do Poder Executivo, com os Poderes Legislativos e judiciário e com os Governos Estaduais e Municipais, a fim de que colaborem para o brilhantismo das comemorações do Centenário de Alberto Santos Dumont
Art 4º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação.
Brasilia, DF, 19 de dezembro de 1972; 151. da independência e 84. da Repúbilca.


AGRADECIMENTO
A Secretaria Executiva da Comissão de Alto Nivel do Centenário de Santos Dumont manifesta o seu mais sincero agradecimento a todos aqueles que tornaram possivel a realização deste Álbum comemorativo, editado e lançado por ocasião do Centenário do Nascimento de Alberto Santos Dumont, o Pai da Aviação 20 de julho de 1973
Dr. Pandiá Batista Pires
Superintendente das Emissoras incorporadas ao Patrimônio Nacional


ELENCO TEATRAL
Arthur Costa Filho, Carmen Dolores, Cauhé Filho, Carlos Leão, Carlos Marques, Célia de Castro, Dayse Lucide, Geraldo Avellar, Neusa Tavares e Wilson Marcos.
Contra-regra: Geraldo Cruz
Operador: Paulo Moura
Sonoplastia: Gildo Caldas
Apresentação: Afrãnio Rodrigues
Script: Lourival Marques
Direção: Dayse Lucide


AUTORES E COMPOSITORES
Aldo Cabral, Aloysio Camara de Paula Barros, Ten-Brig R/R Armando Serra de Menezes, Ataulpho Alves de Souza Junior, Carlos Bandeira, Eduardo das Neves Netto, Professor França Campos, Maestro Fructuoso Lima Viana, Ilka Pinto Botelho de Magalhães, Jacy Jose de Oliveira Braga (J. Jolibra), Maestro João Nascimento, Maestro Jose Vieira Brandão, Lombardi Filho, Maestro Moacyr Portes, Omar Fontana, Paulo Patricio, Pedro Rogerio, Professor Raul Schwiden, Roberto Ruiz, Professor Ruy Botti Cartolano, Tino Francisco.


CORDENAÇÃO SELEÇAO - SUPERVISAO MUSICAL
Maestro Luiz Almeida


Disco 1 CANTICOS A SANTOS DUMONT
Lado 1
HINO DO CENTENARIO
(Omar Fontana e Moacyr Portes)
BANDEIRANTES DO AR Banda da Base Aérea do Galeão e Coro
(Luiz Felipe de Magalhães)
UM DIA ACONTECEU Jô Libra e Dorany
(Jô Libra)
EXALTAÇAO A SANTOS DUMONT
(Lombardi Filho e Pedro Rogério)
MINEIRO BOM Tino Francisco
(Paulo Patricio e Tino Francisco)
CANTO DO AVIADOR BRASILEIRO
(Jose Vieira de Carvalho e Paulo Barros)
Lado 2
HINO DOS AVIADORES BRASILEIROS Banda da Base Aérea do Galeão
(Armando Serra de Menezes e João Nascimento)
14 BIS The Jordans
(Carlos Bandeira e Roberto Ruiz)
HINO A SANTOS DUMONT
(Ruy Botti Cartolano e Raul Schwinden)
A CONQUISTA DO AR
(Eduardo das Neves)
SALVE SANTOS DUMONT
(Fructuoso Vianna e França Campos)
ALBERTO SANTOS DUMONT Ataulpho Alves
(Ataupho Alves e Aldo Cabral)


Disco 2 CONQUISTA DO AR
HISTORIA DE ALBERTO SANTOS DUMONT
Script de LOURIVAL MARQUES
Elenco de Rádio Teatro da RADIO NACIONAL DO RIO DE JANEIRO
Música de Back Ground de propriedade do Ministerio da Aeronáutica



Tienda Cafe Con Che
Porque é Imprescindível Sonhar

 Confira alguns de nossos productos á venda visitando o sitio abaixo:

TodaOferta - UOL 

Informar e conscientizar são as melhores formas de ajudar.

ABRALE 100% de esforço onde houver 1% de chance

6 comentários:

Falando nisso... disse...

Hola!

No sé si debo escribirle en español o en portugués, hablo los dos idiomas, dado que soy profe de español. :)

Bom, meu nome é Flávia e você não me conhece. Em minhas buscas pela internet me deparei com o seu blog, que é muito interesante por sinal!
Fiquei muito feliz porque estava buscando coisas sobre meu pai, Jacy José de Oliveira Braga, artista da MPB da década de 70, quando encontrei um disco de vinil que, pelo visto, trás alguma coisa dele. Não sabia da existência desse disco, mas fiquei feliz por você ter mencionado seu nome e seu nome artístico, Jô Libra. Permita-me fazer apenas uma pequena correção, o pseudônimo é na verdade: Jô Libra e não
J. Jô Libra.
Gostaria de saber mais informações sobre o bendito vinil, se está a venda, que música dele o álbum trás, essas coisas!

Bem, fico no aguardo de uma resposta!
Obrigada!
Flávia

dgregory disse...

Olá Flávia, gostaria de entrar em contato com você para troca de informações. Sou o filho do Dorany que foi parceiro do seu pai.

Mande-me um e-mail assim que possível.
Abraços,
Dany Gregory.

nilson disse...

OLá Flávia e Dany, não sei se estamos falando da mesma pessoa (JÔ Libra e Dorany)Na década de 70 morava em Niterói/RJ e fui amigo desses dois grandes músicos, inclusive os acompanhei à SP para a gravação do seu primeiro LP de vinil com a produção do maestro Eduardo Lajes.
Tem uma música que me recordo que tem a letra + ou - assim; O negócio é contar um, dois, três começar tudo outra vez e esquecer o q passou, o negócio é viver diferente machucando a gente q te machucou...
Queria mto ter esse disco, pois tem composições maravilhosas, além de reviver todos os momentos...
Por favor entre em contato.
Grande abraço.

dgregory disse...

Olá nilson,

Estamos falando do mesmo Dorany sim, e sou o filho dele.

Tive esse disco mas ele quebrou em uma mudança, estou em busca deste disco e mais alguns outros e possuo algumas idéias para tentar reviver alguns sucessos...

Legal saber que você conviveu com meu pai pois quando ele faleceu eu tinha 3 anos de idade.

Forte abraço e qualquer coisa entre em contato.
Dany Gregory.

jacybraga disse...

Olá , Meu nome é Jacy José de Oliveira Braga Filho , irmão de Flávia e filho de Jô Libra.

Quem quizer ter acesso aos CD'S de meu pai , é só mandar um e-mail para : jacybraga@yahoo.com.br

---com endereço completo e CEP.

Lhe enviaremos os 3 CD'S apenas cobrando o preço de produção e correio.

Um forte abraço e um beijo no coração de todos !

Jacy José de Oliveira Braga Filho disse...

atualizando e-mail mturespacial@gamil.com
5521996942722